Papo de Mãe - Primeiro trimestre de Gravidez, sintomas, e dicas!

Por Vilma de Vellis 04/01/2017 22:30:00


Oi lindas!

Espero que esteja tudo bem com vocês. Bom, hoje no quadro papo de mãe, eu irei compartilhar com vocês os primeiros meses da gravidez, sintomas, e o que eu fiz para "amenizar" digamos assim alguns deles. Na verdade nós mulheres passamos por experiências diferentes nas fases da gravidez, mas conversando com outras mães e também com a minha médica, vi que tem várias delas que passam por coisas iguais ou bem semelhantes. Como já mencionei no vídeo das primeiras semanas de gravidez (Se você ainda não assistiu, clique aqui), eu não tive sintoma nenhum nas primeiras 4 semanas. Desconfiei quando meu período veio diferente das outras vezes, ele quase não veio na verdade, e no dia seguinte eu comecei a ter dores de cabeça, muito cansaço, vontade de dormir direto, então corri na farmácia e fiz o teste e descobri a gravidez. 


Agora entrando nos sintomas, eu tive vários sintomas, sendo que os principais foram os enjoos, vômitos, e muito cansaço físico. Eu praticamente dormia dia e noite, meus olhos não ficavam abertos. Na verdade o corpo da mulher trabalha 24 horas por dia para a formação do bebê, por isso esse cansaço imenso, e é sempre bom saber ouvir o nosso corpo e simplesmente repousar. Eu no início me sentia culpada por não estar fazendo nada no blog, no estúdio, no canal do youtube, enfim, nada mesmo, mas depois que comecei a ler e vi como tudo dentro da gente muda, decidi ouvir e ver o que o meu corpo precisava, e deixei as preocupações e culpas de lado. :-)

Stress e Mudança de Humor: Isso acontece com quase 100% das grávidas, eu em particular ainda não conheci uma que não passou por isso em algum período da gestação, mas é mais comum no primeiro trimestre e nos últimos dois meses, eu creio. Isso acontece devido ao bombardeio hormonal que sofremos, é como se fosse uma TPM, porém gigante. Uma hora você está sorrindo, na outra você está se perguntando "O que eu estou fazendo com a minha vida?", e por aí vai, até mesmo aquela que planejou certinho a gravidez, como no caso eu. Claro que se você acha que está passando por algo mais forte, como uma depressão por exemplo, não deixe de conversar com seu médico para que ele te avalie. Eu como já passei por depressão (não profunda, mas já tive), hoje em dia faço muitas coisas para controlar esses sentimentos, e como na gravidez a tendência é piorar, eu faço mais ainda. Uma técnica que eu ja uso desde muito tempo é conversar comigo mesma na frente do espelho. Parece meio louco falando assim não é?!?! Eu mesma me sentia ridícula fazendo isso no início, até ver que realmente funciona, e por isso continuo fazendo mais ainda agora no período da gravidez. Quando não me sinto bem, estou meio triste ou irritada demais, respiro e olho nos meus olhos (em frente ao espelho), e simplesmente digo para mim (no caso, mando essa informação para o meu cérebro) que isso é passageiro, que a causa disso é a gravidez e que isso durará somente alguns meses, que eu não sou assim, enfim, mando informações positivas até ver que estou me acalmando. Logo após tomo uma água e tento relaxar sem pensar mais em nada e quando vejo, aquele momento de "frustração ou tristeza" já foi embora. Se você está passando por isso, tente fazer e me diga o que achou. :-) :-)

Enjoos e Vômitos:  O que a médica recomendou pra mim foi tomar o B6 e o Unisom (Foto abaixo) que ajudam também na hora de dormir. Eu comprei, mas infelizmente nada parava no meu estômago, creio que um dia somente eu consegui dormir tranquila com o unisom e só. Então ela me disse para comer em quantidades menores, coisas mais leves e várias vezes por dia porque uma daquelas refeições com certeza não iria parar no meu estômago e ela queria ter certeza de que meu filho estava recebendo algum nutriente, e foi isso que fiz. Fiquei com esses sintomas até o quinto mês e meio de gestação e depois parou. Ganhei somente 1Kg no primeiro trimestre. Ah, a minha sobrinha e blogueira Gabriela Negro também passou por isso e disse que tomava dramin e funcionava para ela.


OBS: Lembrando que cada caso é um caso, é sempre bom você falar com sua médica e ver o que ela(e) recomenda. Outra coisa é escovar sempre os dentes depois de vomitar porque o ácido que volta junto com a comida pode prejudicar os dentes. Você já viu uma anoréxica com dentes bonitos?!?! Então cuide dessa parte também. :-) :-)

Esquecimento: Uma coisa estranha que aconteceu comigo e que não tinha idéia que isso poderia acontecer com uma grávida foi o esquecimento. Sensação de estar avoada. Eu nunca esqueci por exemplo, da chave dentro de casa, pois é, no verão e um calor de matar, meu marido não estava em casa, e quando cheguei percebi que estava sem a chave. Liguei para a minha amiga que estava comigo para perguntar se eu tinha entregue pra ela por engano, e foi onde ela me falou "Ah você está com cérebro de grávida?" E eu: "Como assim?" Então ela sendo psicóloga me explicou um pouco sobre isso, porém estou fazendo um post somente disso para vocês, aguardem!! Enfim, tive que esperar pelo marido por mais de 40 minutos na rua em um dia muitooo quente. Para você que já engravidou, você chegou a perceber isso em você?

Refluxo: Gente, refluxo é o Ó do borogodó, fala sério!! Eu também tive esse sintoma, meu estômago queimava demais e o que eu tomei foi TUMS ANTACID, uma pastilha com sabor de frutas (Foto abaixo). Pra mim as vezes funcionava e as vezes não. O que eu fiz também para amenizar, foi cortar toda comida ácida (vinagre, tomate, e outras), frutas cítricas, alimentos gordurosos e picantes, comer devagar, comer porções pequenas, não ficar um tempo muito longo sem comer, não usar roupas muito apertadas, entre outras. Talvez se você esteja passando por isso, esses métodos podem te ajudar também. 


Cansaço Físico: Eu simplesmente dormia gente, lia um livro sentada no sofá, escutava uma música para relaxar ainda mais, assistia TV, enfim, se você está cansada, repouse e repouse bastante se puder.

Outros sintomas que tive foram sangramento na gengiva devido ao fluxo de sangue ser maior, alguns desejos por coisas doces (sendo que sou uma pessoa que prefiro mil vezes o salgado), e não suportar o cheiro de alguns perfumes ou comida que gostava muito. 

Acho que é isso pessoal. Eu espero ter ajudado de alguma forma com essas dicas e se você não se cadastrou aqui no blog ainda, deixe o seu e-mail la na NEWSLETTER para não perder os próximos posts. Ah e se você já é cadastrado e não está recebendo os meus e-mails, de uma olhadinha no SPAM, porque as vezes infelizmente eles vão para lá. 

Seja sociável e compartilhe! 

Bjks da Vilma :-) :-) 

Comente aqui:

Anuncie





@vilmadevellis no Instagram